Nova Declaração Escrita do Parlamento Europeu sobre a Doença de Alzheimer

21 Abril, 2016

No passado dia 11 de abril, foi lançada por um grupo de membros do Parlamento Europeu uma nova declaração escrita (27/2016) sobre a definição de prioridades de uma estratégia europeia para as demências, que apela a que se encare a resposta para todas as pessoas que lutam com a demência como uma prioridade na União Europeia, com ênfase nas áreas da investigação, tratamento e prevenção.

A declaração foi lançada por 11 deputados e reuniu, até agora, o apoio de 25 deputados. O objetivo é alcançar até dia 11 de julho pelo menos 376 assinaturas (número mínimo para a declaração ser aceite).

 

Declaração escrita, apresentada nos termos do 136.º do Regimento do Parlamento Europeu, sobre as prioridades de uma estratégia europeia de luta contra a demência:

 

1. Todos os anos, 1,4 milhões de europeus desenvolvem uma qualquer forma de demência, e, segundo as estimativas da Organização Mundial de Saúde, 6,4 milhões de pessoas sofrem desta patologia na União Europeia.

2. Em 2050, o número de pessoas na Europa com mais de 65 anos será três vezes superior ao de 2003 e cinco vezes superior para as pessoas com mais de 80 anos, alargando o leque de pessoas em risco de demência.

3. A demência e as respetivas consequências para a saúde têm um enorme impacto sobre as populações afetadas e as suas famílias, os prestadores de cuidados e a sociedade no seu conjunto; diversos estudos demonstraram que uma diminuição dos fatores de risco das doenças cardiovasculares e uma melhoria dos níveis de formação podem contribuir para uma redução do número de casos de demência.

4. O Conselho e a Comissão são, por conseguinte, instados a conferir uma prioridade absoluta ao combate à doença de Alzheimer e outros tipos de demência na União Europeia e a reforçar a cooperação entre os Estados-Membros nos domínios da investigação, prevenção e cuidados de saúde.

5. A presente declaração, com a indicação do nome dos respetivos signatários, é transmitida ao Conselho e à Comissão.

 

Fonte: Alzheimer Portugal 

Notícia: http://alzheimerportugal.org/pt/news_text-77-15-543-nova-declaracao-escrita-do-parlamento-europeu-sobre-a-doenca-de-alzheimer