O Memórias do Bairro assinala o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer

22 setembro, 2022

Atualmente estima-se que, em Portugal existam cerca de duzentas mil pessoas com
Demência, prevendo-se que em 2050, este número possa aumentar para as trezentas e
cinquenta mil. Apesar desta realidade, ainda se verifica um grande desconhecimento e estigma
associado a esta temática, o que causa impacto ao nível do diagnóstico, da participação,
independência, autonomia e inclusão das pessoas que vivem com algum tipo de demência,
como é o caso da Doença de Alzheimer, a forma mais comum e que representa entre 50 a 70%
de todos os casos.
Continuando a trilhar o caminho para uma maior literacia em saúde de toda a
comunidade e assinalando o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer, no passado dia
21 de setembro, o projeto Memórias do Bairro desenvolveu diferentes sessões de
sensibilização pop-up para crianças, séniores e cuidadores formais e informais.
Durante a manhã, numa parceria com a Biblioteca Municipal de Esposende, o projeto
dinamizou a “Hora do Conto” para alunos do 1º e 2º ciclos das Escolas Básicas António Correia
de Oliveira e Rio de Moinhos. Através da leitura do livro “Memórias do Coração” realizada pela
sua autora, Catarina Malheiro, desconstruímos a Doença de Alzheimer e mostramos, de uma
forma lúdica, dinâmica e educativa, o que acontece no cérebro, quando o avô, a avó, o tio ou a
tia têm esta doença, dando espaço para as crianças partilharem as suas dúvidas, questões e
até experiências com familiares que vivem a doença na primeira pessoa.
Já no período da tarde, a convite do Centro Social da Juventude de Belinho, o
Memórias do Bairro deslocou-se à instituição para, em conjunto com os séniores do Centro de
Dia, refletir sobre alguns comportamentos e desafios do dia-a-dia quando convivemos com
pessoas com Demência e a importância do recurso a estratégias de comunicação, na
abordagem à pessoa. Numa conversa leve, e valorizando as partilhas das vivências de cada

pessoa evidenciamos o poder que uma atitude compreensiva, sem julgamentos e inclusiva
pode ter na melhoria das relações e interações entre todas as pessoas.
Para fechar o dia, a convite da dinamicamente – Associação de Cuidadores e Cidadãos
com Doenças Neurodegenerativas do Alto Minho, o Memórias do Bairro marcou presença no
III ENCONTRO "LEMBRA-TE QUEM ÉS" | ALZHEIMER: Aprender a conviver com a doença,
realizado no município de Monção para, numa conversa informal com cuidadores e
comunidade em geral, abordar as questões relacionadas com a gestão do quotidiano e
estratégias para lidar/conviver com situações do dia-a-dia na presença da doença de
Alzheimer. Um encontro marcado pela partilha de conhecimentos, experiências, emoções, e
muitas memórias felizes.
Desta forma, o projeto continua a espalhar as suas sementes a fim de, através destas,
germinar uma comunidade cada vez mais consciência, preparada, inclusiva e centrada em
todas as pessoas.