Projeto Memórias do Bairro contribui para o aumento da literacia em Direitos Fundamentais e Diretivas Antecipadas de Vontade das pessoas mais velhas do município de Esposende

31 janeiro, 2024

Entre os meses de Novembro de 2023 e Janeiro de 2024, o Memórias do Bairro desenvolveu 12 ações de Educação Não Formal no município de Esposende, 10 das quais dirigidas às pessoas mais velhas integradas numa resposta social das IPSS do concelho e 2 direccionadas à comunidade em geral, nas quais participaram mais de 200 pessoas mais velhas, que estão agora mais informadas, sensibilizadas e consciencializadas sobre quais são os seus direitos, de que forma podem exercer os mesmos, em qualquer contexto em que estejam ou venham a estar inseridas e quais as ferramentas que estão à sua disposição, para caso seja esse o seu desejo, serem capazes de planear antecipadamente o seu futuro.

Nas ações desenvolvidas nas IPSS de Esposende, de forma ativa, dinâmica e participada, foi abordada a temática da Demência, desconstruindo algumas situações desafiantes com as quais podemos lidar no nosso dia-a-dia, quando interagimos com pessoas com demência, evidenciando que em qualquer condição de saúde em que nos possamos vir a encontrar no futuro, todas as pessoas têm exactamente os mesmos direitos, devendo estes ser garantidos, assegurados e respeitados, seja qual for o contexto em que a pessoa esteja integrada, apresentando estratégias práticas, para que cada pessoa possa exercer esses mesmos direitos.

Já nas sessões abertas à comunidade em geral, através de uma dinâmica prática de reflexão e de um caso real, foram identificados os desafios inerentes ao planeamento antecipado de cuidados e apresentadas as Diretivas Antecipadas de Vontade, como um recurso disponível e acessível a qualquer pessoa, constituindo este um direito, caso o queiramos exercer, bem como explicado todo o processo de acesso e preenchimento deste documento. Estas ações abertas à comunidade em geral foram realizadas, uma em Antas, contando com o apoio do GRASSA na cedência do espaço para a dinamização da mesma, e a outra no âmbito do Café Memória de Esposende, onde a sessão de Janeiro de 2024 foi dinamizada pela Enfermeira Sílvia Oliveira, especialista em Cuidados Paliativos.

 

O Memórias do Bairro é cofinanciado pelos EEA Grants Portugal, geridos pela Fundação Calouste Gulbenkian em consórcio com a Fundação Bissaya Barreto, e promovido pela HOPE! Respostas Sociais com o apoio do Município de Esposende.